fbpx

Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar
7 práticas que vão proteger sua empresa de violação de dados

Segurança da Informação

7 práticas que vão proteger sua empresa de violação de dados

Jader Rodrigues
Escrito por Jader Rodrigues em 11 de maio de 2021
Junte-se a mais de 10.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Entenda os principais cuidados que vão tornar seu negócio muito mais seguro

A violação de dados no mundo digital têm tirado o sono de muitos CIOs. Mas será que existe alguma maneira de prever e impedir esses incidentes? 

Pode até parecer ficção, mas quase todas as ameaças de segurança cibernética, incluindo malwares, DDoS e espionagem virtual, são precedidas por sinais de alerta que qualquer gerente de TI pode detectar. Então é possível, sim. Basta antecipar um investimento de detecção e prevenção na sua empresa. 

Mas qual seria o papel da análise de prevenção? 

Com uma análise de rede estabelecida, os CIOs podem captar muitos dos sinais que normalmente são um indício de uma tentativa maliciosa de obter ou negar acesso. Quase todas as ameaças têm suas próprias marcas de alerta que um líder de TI devidamente instruído consegue detectar. Monitorando as áreas onde essas marcas geralmente aparecem, as organizações podem reduzir significativamente a incidência de violações bem-sucedidas, bem como os custos que refletem na redução dos lucros e a participação da empresa no mercado.

Pensando nisso, listamos 7 das principais práticas que vão proteger sua empresa da violação de dados. Confira: 

1- Leve a Cibersegurança até seu cliente

Levar a segurança da informação ao usuário final pode ser um grande benefício para a empresa. Mas é importante possuir colaboradores capacitados. É essencial o treinamento com os funcionários para ajudar a eliminar erros que poderiam levar a uma invasão, bem como ajudá-los a perceber um comportamento estranho de fraudes.

2- Tenha uma política de criptografia 

A invasão de máquinas é uma das maiores causas do número de violações de dados, por isso, é necessário ter uma política de criptografia que deve ser imposta para os aparelhos dos colaboradores.

3- Implante um firewall 

Estruture um firewall capaz de detectar e prevenir intrusos nos sistemas acessíveis via Internet, como servidores web, e-mail ou outros sistemas que são considerados crítico.

4- Tenha cuidado com os downloads

Muitas violações ocorrem durante um download – seja através de sites maliciosos ou programas comprometidos que podem explorar uma máquina. Ser capaz de bloquear isso é a chave para uma boa política de segurança.

5- Faça avaliações de vulnerabilidade regulares

Diversas empresas executam scans de vulnerabilidade uma vez a cada três meses e até mesmo quase nunca. Hoje, as organizações devem realizar varreduras de vulnerabilidades contra todos os sistemas em sua rede, tanto interna como externa com uma frequência maior.

6- Empregue um monitoramento de comportamento

Empregar um programa de monitoramento do sistema, onde o T.I ou responsável pela conformidade possa analisar o comportamento de um processo, é muito importante.

7- Faça Backup

Muitas violações são causadas pela perda ou roubo de fitas de backup de dados. Um serviço de backup remoto permite que a empresa use a Internet para guardar informações de forma segura e eficaz sem nunca precisar usar HDs que podem ser perdidas ou roubadas.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *