Hospedagem de Sites: Dicas Importantes para Contratação

Hospedagem de Sites: Dicas Importantes para Contratação

Segundo o IBGE, hoje somos pouco mais de 205 milhões de brasileiros e SOMENTE metade de nós tem acesso à Internet. Com este número é possível imaginar que o mercado de web no Brasil ainda tem muito (mas muuiitooo) a crescer. Cada vez mais sites vão surgir, mais conteúdos serão gerados, mais vendas serão realizadas e para tudo isso é necessário que existam empresas de hospedagem de sites ou simplesmente HOSTs, como conhecemos em TI. 

Mas e como definir qual hospedagem de sites é melhor?

Para lhe ajudar a responder esta pergunta, abaixo listamos alguns pontos importantes a serem considerados antes da contratação de um host.

1. Painel de Controle: Você é um especialista em Windows? Ou conhece a fundo comandos e rotinas do Linux? Se sua resposta é NÃO, preocupe-se em saber se a empresa oferece um Painel de Controle de Hospedagem. Um painel de controle permitirá que você faça basicamente tudo que precisa sem a necessidade de conhecimentos técnicos. Por exemplo: criação de banco de dados, cadastro de contas FTP, criação de e-mails e vários outros recursos. Se você não se dá bem com a língua inglesa, busque saber também se o painel oferecido está em português, isso ajuda bastante!

2. Atendimento/Suporte: Você vai precisar, não tem jeito. Sabe quando você tem um problema no carro e o leva num mecânico, ou quando tem um problema num eletrônico e você leva numa assistência especializada? Então, é mesmíssima coisa. Numa hospedagem de sites ocorrem problemas, você terá dúvidas ou problemas e vai necessitar de ajuda em algum momento. Procure saber se a empresa oferece suporte, qual o formato, se o atendimento é em português, qual o período de atendimento, etc.

3. Backup: Problemas acontecem, isso é fato. Então, algo tão importante quanto avaliar todos os quesitos acima é saber como funciona o backup de dados oferecido pela empresa de host que deseja contratar. Procure saber como funciona a rotina de backup, se a restauração é fácil, se o backup inclui arquivos e banco de dados, etc. E não economize neste ponto! A economia de alguns míseros reais pode custar alguns milhares no caso de problemas.

4. Planos/Preços: Preço sempre conta, não é mesmo? O que está incluso no preço também, lógico. Procure saber o que cada empresa oferece a você e se o que é oferecido se encaixa nas suas necessidades. Saiba o espaço em disco oferecido, a transferência de dados, se suporta a linguagem X, Y ou Z, qual o sistema operacional, etc. Não saia contratando um host só pelo preço, avalie tudo que for possível!

Algo também muito importante, ainda mais na atual fase da economia brasileira, é saber se o valor a ser pago será em reais ou dólar. Como todos devem estar acompanhando, o dólar vem oscilando bastante (cada vez mais pra cima do que pra baixo :)), então é interessante ter a possibilidade de pagar em moeda nacional para não ter surpresas todo mês.

Em quem posso confiar?

Existem milhares de empresas de host no Brasil e, diante dos números mostrados no início deste texto, possivelmente outras tantas vão surgir conforme a evolução da internet tupiniquim.

Mas, dentre os milhares de hosts espalhados pelo Brasil, um deles se enquadra em todos os pontos importantes citados acima:a SolusData. A empresa, que já atua neste mercado há anos e passa confiabilidade e credibilidade só pelo nome que tem, oferece planos acessíveis, tecnologia de ponta, servidores no Brasil e um time de suporte 24/7 pronto para ajudar sempre que necessário.

E se você acha que é caro hospedar seu site no SOLUSDATA, aí vai uma dica de ouro: conheça agora o plano Hospedagem Iniciante por somente R$ 6,90/mês.

 

Share

Graduando em Engenharia da Computação, sou Entusiasta e Apaixonado pela Tecnologia e (in)Segurança da Informação.