fbpx

Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar
Mindset: tudo o que você precisa saber para inovar sua empresa

Transformação Digital

Mindset: tudo o que você precisa saber para inovar sua empresa

Jader Rodrigues
Escrito por Jader Rodrigues em 20 de abril de 2021
3 min de leitura
Junte-se a mais de 10.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Entenda de que forma o conceito pode transformar seu negócio

É bem provável que você já tenha ouvido falar sobre Mindset, mas será que você sabe de fato o que esse termo significa? Muitos por aí ainda não sabem.

Qual é o seu conceito e como desenvolvê-lo em prol de suas metas e objetivos? O Mindset é como sua mente está programada para pensar sobre determinado assunto. Se nossa mente fosse um computador, por exemplo, o Mindset seria o processador ou software que determina como ele vai funcionar.

Mas então o que a sua empresa ganha com o Mindset? 

A pandemia do coronavírus despertou em todos os segmentos do comércio e serviço a necessidade de embarcarem no mundo digital. Para alguns, essa foi a salvação. Mas, a digitalização é só o primeiro passo para se adequar ao mundo pós-Covid-19.

Há muito mais a fazer do que simplesmente investir em tecnologia. É preciso inovação e criatividade. Características que para serem implementadas, o líder da empresa precisa organizar uma verdadeira mudança de mentalidade na organização. Essa quebra de paradigma é conhecida como mindset.

O Mindset na sua empresa: 

O mindset com foco na inovação conjuga uma série de ações e esforços direcionados para que as organizações estejam alinhadas à inovação. Dentre esses esforços, podemos citar o incentivo à colaboração interna e externa, o investimento em tecnologia, a valorização e implementação de ideias e processos inovadores.

Empresas podem adotar o mindset de inovação ou já nascer com esse DNA. Um exemplo do segundo é o Nubank, que já surgiu voltado para a inovação e com uma estratégia empresarial específica. Já a Apple, por exemplo, absorveu os ideais de inovação dos seus líderes, Steve Jobs e Steve Wozniak, que transferiram sua mentalidade para o resto da empresa.

Como desenvolver o mindset de inovação na sua empresa? 

Para implementar um mindset de inovação, você precisa compreender que ele é um produto dos questionamentos sobre o modo como realizamos as coisas. Então, se você ou as pessoas da sua empresa não têm espaço para questionar, é melhor pensar em remover essas barreiras.

Feito isso, confira os seguintes passos:

Desenvolva a estratégia de inovação: processo pelo qual a empresa toma para si o estímulo ao desenvolvimento de ideias e processos disruptivos. Tal medida serve para evitar as seguintes situações:

1- Desconhecimento da direção sobre como um processo de inovação se desenvolve;

2- Falta de diálogo entre funcionários com potencial inovador;

3- Setores que inovam focados na solução de problemas meramente técnicos, não alinhados com as estratégias da empresa.

Monte um comitê de inovação: o objetivo deles é o de disseminar a cultura inovadora dentro da empresa. É totalmente válido que os membros desse comitê pertençam a diferentes setores e hierarquias. A diversidade deve ser mantida. Não há como questionar modelos sem ser heterogêneo. 

Os principais objetivos dessa nova liga de profissional será o foco na ideação de novas soluções para os principais problemas e desafios da empresa, bem como na implementação para que a empresa colha resultados reais.

Invista em tecnologia: em um mundo competitivo e conectado, o investimento em tecnologia não é só desejado, mas esperado. Ele não necessariamente precisa ser percebido em bens tangíveis, mas também pode acontecer por meio de processos. Os avanços nessa área podem ser na comunicação (chats, videoconferência, sinalização) e software (de CRM, aplicativo de gestão, etc), por exemplo.

Aposte em pessoas qualificadas: são, em sua maioria, mais orientadas a processos de sucesso que os não qualificados. Assim, a atenção à contratação de pessoal é fundamental. E acredite: nem sempre um currículo muito recheado é indicativo de que a pessoa é capaz. Fique atento às características, habilidades e atitudes de seus futuros candidatos.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *