fbpx

Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar
5 maneiras pelas quais o digital mudou os negócios

Transformação Digital

5 maneiras pelas quais o digital mudou os negócios

Jader Rodrigues
Escrito por Jader Rodrigues em 29 de junho de 2021
Junte-se a mais de 10.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Somos uma sociedade movida pela tecnologia digital. Seu impacto é tamanho que há países onde os cidadãos não têm água encanada, mas possuem smartphones. O marketing digital tem uma influência incrível nas interações, no trabalho, nas compras e nos hábitos de vida das pessoas.

Dessa forma, as empresas hoje precisam ter um firme conhecimento de como utilizar o universo digital para maximizar o reconhecimento e o impacto de sua marca. Confira 5 das principais maneiras pelas quais a internet mudou e continua mudando a forma como as empresas e marcas operam.

1) Comunicação Instantânea

Interagir com clientes em potencial hoje pode ser como girar uma roleta. A bola da roleta representa a mensagem de marketing da empresa, que vai girar e quicar conforme a roda gira antes de finalmente pousar em um espaço (ou seja, um cliente). A mídia social funciona como a própria roda e permite que as empresas interajam com as pessoas em um local público, fornecendo um canal para divulgar produtos, serviços e mensagens.

Mensagens individuais e grupos de bate-papo privados estão em alta. O Facebook Messenger tem 900 milhões de usuários globais, e estudos mostraram que os adolescentes agora passam mais tempo em aplicativos de mensagens do que em redes sociais reais. Para explorar esse mercado em expansão, empresas experientes estão introduzindo métodos de conexão e marketing para clientes em potencial por meio desses tipos de aplicativos.

2) Sobrecarga de conteúdo

Quanto conteúdo é distribuído por meio de mídia social e aplicativos de mensagens? A resposta é enorme, tão grande que recebeu o termo choque de conteúdo . A cada 60 segundos, 3,3 milhões de pessoas postam no Facebook e 29 milhões de mensagens são distribuídas via Whatsapp. Isso significa que os profissionais de marketing têm muito trabalho se quiserem fazer com que sua mensagem e marca sejam notadas pelas pessoas que usam esses aplicativos.

A Rolex é um ótimo exemplo de marca clássica que está usando a criatividade para transmitir sua mensagem de marketing aos clientes atuais e potenciais. Como uma marca com 112 anos de história, isso pode representar um problema para mantê-la sempre atualizada. No entanto, ele supera isso criando imagens de produtos atraentes e de alta qualidade que têm uma sensação de curadoria e destacam a natureza clássica e a confiabilidade de seu produto. Usando imagens elegantes e minimalistas em suas fotografias, vídeos e trabalho editorial, destacando seus produtos de qualidade e slogan atemporal.

3) Movimentos de dados

A tecnologia moderna permite que os profissionais de marketing obtenham uma enorme quantidade de conhecimento sobre seus clientes. No entanto, as empresas precisam saber como, onde e quando usar esses dados. Algumas das melhores maneiras de conseguir isso são:

  • Saber quais métricas são mais importantes para o sucesso da empresa – a chave para obter o impacto dos dados é saber o que sua organização deseja obter deles . A chave é ser muito específico sobre quais são os resultados do negócio e incluir isso na forma como os dados são medidos e como eles impactam no negócio em geral.
  • Saber quais canais do cliente valerão a pena – a variedade de tecnologias e canais é tal que uma marca precisa se concentrar naqueles com os quais seu cliente se engaja de maneira significativa. Gostos e comentários podem parecer importantes, mas o que realmente importa é o engajamento que constrói um relacionamento entre um cliente e uma marca.
  • Ter funcionários com habilidades analíticas para processar dados – todos os dados do mundo são inúteis sem as habilidades internas para saber o que fazer com eles. Insights de dados são o que pode impulsionar uma empresa e ajudá-la a compreender o comportamento e os pontos fracos de um consumidor.
  • Criação de conteúdo personalizado e focado no cliente – a quantidade colossal de dados no ciberespaço torna difícil para qualquer marca causar um impacto real. O segredo é saber quem é o público-alvo e criar conteúdo que prenda sua atenção e o incentive a se envolver.

4) Exige transparência

No mundo digital de hoje, os clientes querem saber sobre as empresas com as quais interagem e compram. Para construir a fidelidade, as marcas precisam ser transparentes e demonstrar a personalidade online da empresa. 

Para as empresas que são transparentes e se comunicam abertamente com os clientes, a recompensa é a fidelidade. 94% dos consumidores afirmam ficar com uma empresa que oferece transparência e 73% estariam dispostos a pagar mais por um produto que a oferece.

5) Promove a intimidade

As empresas podem aprender muito sobre clientes em potencial com base nos dados que podem reunir. As empresas inteligentes estão usando esses dados para criar mensagens de marketing extremamente pessoais, e a geração mais jovem está engolindo isso.

Acontecimentos sociais e a percepção dos outros parecem ser um motivo condutor entre os millennials. Isso torna a personalização uma ferramenta poderosa, já que 85% dos usuários têm maior probabilidade de comprar um produto se a mensagem for personalizada e suportada por redes sociais.

Uma empresa que se destaca nesta área é a EasyJet.

Para comemorar 20 anos no negócio, a empresa analisou seus dados para ver quais insights poderiam ser obtidos dos clientes e encontrou informações inspiradoras sobre as jornadas de seus clientes. O resultado foi uma campanha de e-mail usando cópia dinâmica, imagens e links para contar a história de cada cliente, desde seu primeiro voo até os voos futuros, adicionando alguns fatos fascinantes sobre seu comportamento de viagem e recomendações para viagens futuras.

O que resultou foram taxas de abertura de mais de 100% mais do que um boletim informativo médio da easyJet – com taxas de cliques 25% mais altas. Nas redes sociais, as pessoas reagiram em minutos com uma resposta extremamente positiva, com um alcance de 685.000 pessoas e mais de 1,1 milhão de impressões. Além disso, em todos os mercados, 7,5% dos clientes que receberam o e-mail fizeram uma reserva nos próximos 30 dias.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *