Como iniciar na área de segurança da informação?

Segurança da Informação

Como iniciar na área de segurança da informação?

Jader Rodrigues
Escrito por Jader Rodrigues em 16 de julho de 2020
Junte-se a mais de 10.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Não é novidade para ninguém que o mercado de segurança da informação esteja em constante expansão. São novas tecnologias e produtos para diversos cenários, lançados e distribuídos todos os dias. E com isso gerando sempre interesse nas pessoas em migrar ou até mesmo iniciar uma carreira no mercado.

Mas como começar? Para ingressar na área de segurança da informação é preciso, principalmente: estudar. A partir do momento que você deseja trabalhar com segurança os estudos são bem presentes no seu dia a dia.

A área de segurança se tornou uma necessidade das empresas que buscam com frequência por novos profissionais. Então caso tenha interesse nos estudos da área. Listamos 7 recomendações que podem te ajudar no processo de introdução no cenário:

1 – Entenda seu segmento de atuação

Existem milhares de segmentos na área de segurança, então saber qual você mais se identifica é a melhor solução para começar a estudar sobre ele, confira algumas possibilidades:

Software Development Security Malware Analysis Advanced Cyber Analytics
Security and Risk Assessment Big Data Security Communications Security
Incident Handling and Analysis Operations Security Offensive Security
Asset Security Vulnerability Management Physical Security
Intrusion Detection and Prevention Application Security Cloud Security
Privacy and Data Protection Identity and Access Management Forensics
Information Security Governance Threat Intelligence IoT Security
Security Frameworks and Standards Security Architecture and Design Biometrics
Fraud Prevention Industrial Control Systems Business Continuity
Legal and Regulations Security Awareness Cryptography

2 – Dedique-se aos estudos

A área de segurança engloba diferentes nuances, por isso é muito importante focar seus estudos no segmento que deseja atuar. E não fique preso a cursos de graduação. A pessoa que faz um curso técnico, ela pode até mesmo conseguir ser contratada para os mesmos cargos do que uma pessoa que fez tecnólogo ou curso superior, por exemplo.

3 – Procure um estágio na área

Remunerado ou não, o estágio profissional se mostra cada vez mais importante no processo de aprendizagem. O estágio tem como principal objetivo oferecer ao aluno a oportunidade de vivenciar a prática profissional, empregando os conhecimentos adquiridos ao longo do curso, obtendo novos conhecimentos, além de exercitar a capacidade de trabalhar com outras pessoas, característica muito valorizada pelas empresas da área.

4 – Estude o Inglês

Saber o idioma inglês é fundamental para lidar com as ferramentas e, após a conclusão do curso, atender possíveis clientes que estão no exterior. A quantidade de conteúdo sobre TI é gigante e está em sua boa parte no idioma inglês. Quem não consegue ler um artigo ou trabalhar com uma plataforma nesta língua pode perder algumas chances de adquirir conhecimento.

5 – Aprenda sobre as plataformas mobile

É recomendado que você busque conhecer sobre o sistema operacional Android, baseado no núcleo do Linux, e iOS, da Apple, pois são as principais plataformas do mercado. É muito importante acompanhar e aproveitar o crescimento do cenário de mobilidade. 

6 – Pratique o networking

Para se familiarizar ainda mais com a área, é importante participar de eventos do setor, procurar palestras sobre o assunto e principalmente manter contato com profissionais experientes e fazer cursos profissionalizantes para aprimorar ainda mais o conhecimento. Manter contato com outros profissionais pode te render indicações para possíveis vagas de trabalho.

7 – Pesquise vagas na internet

Assim como o conteúdo de estudo, as vagas para a área de TI também estão espalhadas por sites especializados. Há também os fóruns e comunidades de redes sociais. Mantenha seu LinkedIn atualizado e crie um site para servir de portfólio. Com isso, poderá oferecer e mostrar seus projetos para o mercado. 

Fique atento às tendências e novidades da área. Tudo isso você pode fazer de qualquer lugar do mundo que tenha acesso à internet. 

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *