fbpx

Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar
Como iniciar na área de programação?

Tecnologia da Informação

Como iniciar na área de programação?

Jader Rodrigues
Escrito por Jader Rodrigues em 30 de julho de 2020
Junte-se a mais de 10.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O Brasil ocupa o 9º lugar no ranking mundial de investimentos em TI, de acordo com estudo da Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES).  A pesquisa ainda revela que, no ano passado, o Brasil recebeu cerca de US$47 bilhões de investimentos em empresas do setor. 

É possível notar que a área da Tecnologia da Informação é uma das mais promissoras para quem quer mudar de setor ou entrar no mercado de TI. Mas por onde começar? Confira quatro dicas importantes:

1 – Busque conhecimento sobre a área

Para começar na área de Tecnologia da Informação, principalmente em desenvolvimento web ou desktop, é necessário aprender sobre Lógica de Programação. É basicamente a estrutura base para quem quer ser programador, mesmo sem ainda ter decidido o caminho que queira seguir na área. 

Com esse conhecimento você consegue aprimorar seu raciocínio lógico para assim torná-lo capaz de encontrar a melhor resolução para problemas futuros, que precisarão ser resolvidos através da tecnologia.

2 – Encontre a sua área de atuação

Após familiarizar-se com a base da programação, encontre um foco. Comece entendendo a diferença entre Front-end e Back-end. Escolha uma linguagem de programação e comece os estudos. Desenvolva uma meta e corra atrás de cursos e artigos focados em seu propósito.

Algumas das linguagens promissoras do atual mercado: Dart, Kotlin, Python, JavaScript / Node.js e Go.

3 – Não deixe de se atualizar

As linguagens estão sempre se reinventando para facilitar a vida do programador e para se adequarem às novas demandas do mercado. Esteja sempre atento para as novidades na área – muitas linguagens podem mudar drasticamente de um ano para o outro. 

Fique por dentro de fóruns, assine newsletters e participe de grupos nas rede sociais para não perder as novidades do mercado. 

4 – Coloque o conhecimento em prática

Na programação é um fato muito necessário! Quanto mais você praticar, mais o seu cérebro será treinado para solucionar e/ou evitar problemas. Sabe aquela tia que está precisando de um site para sua a loja de bairro? Ofereça o seu trabalho. Desta forma, você colocará em prática a sua experiência e, de quebra, terá um portfólio bacana para apresentar aos seus futuros clientes.

Como podem ter percebido, o conjunto de dicas se resumem basicamente em dois importante pilares: o estudo e a prática. É muito importante, buscar informações do mercado, principalmente sobre as tecnologias disponíveis. Com a decisão tomada, cair de cabeça nos estudos e sempre testar o seu desempenho. Busque uma escola ou estudos que possam se adaptar ao seu estilo de aprendizagem. 

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *