fbpx

Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar
Startup: tudo o que você precisa saber

Startup

Startup: tudo o que você precisa saber

Jader Rodrigues
Escrito por Jader Rodrigues em 6 de maio de 2021
Junte-se a mais de 10.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Entenda o que é, os tipos e os principais modelos de negócios 

O termo startup é novo e cada vez mais utilizado. Apesar de popularizado, são poucos os que realmente sabem o que define uma startup.

Alguns acreditam que é uma empresa pequena ou uma empresa em seu período inicial. Outros dizem que é uma empresa com custos de manutenção muito baixos, mas com enorme potencial de crescimento ou até que são apenas empresas de internet ou de tecnologia.

Mas o que de fato é uma startup? 

É uma empresa que possui um modelo de negócios repetível e escalável. Elas são inovadoras e, normalmente, usam a tecnologia para o seu funcionamento. Também são compostas por um grupo de pessoas com perfil e mindset empreendedor.

Entenda quais os tipos de Startups: 

Você que decide empreender através de um modelo startup, precisa saber que são empresas muito variadas e, por isso, podem atuar de inúmeras formas. Alguns dos principais modelos de startups são:

B2B (Business to Business): que significa “negócio para negócio”, atende outras empresas e não o consumidor final. Um exemplo é o site Alibaba, que ficou famoso por conectar fornecedores e empreendimentos.

B2C (Business to Consumer): o modelo significa “negócio para consumidor”, envolvendo o fornecedor de produtos ou serviços e o consumidor final. Existem diversas Startups B2C de sucesso. O Uber, por exemplo, é um Marketplace que conecta motoristas (prestadores de serviços) com passageiros (consumidores finais). 

B2B2C (Business to Business to Consumer): significa “negócios para empresas para consumidores”. O iFood é um ótimo case desse tipo de startup. A empresa faz parceria com outras empresas, que são os restaurantes, para facilitar a venda aos clientes finais.

Modelos de negócios de startups:

Além dos vários tipos de startups, há diferentes opções de modelos de negócios. Entenda algumas delas:

SaaS: O Software as a Service (SaaS), ou software como serviço, oferece serviço na nuvem. Em resumo, ele funciona como um software autônomo, capaz de facilitar e automatizar os serviços manuais. Esse modelo de negócios é indicado principalmente para o público empresarial. 

Marketplace: funciona como um shopping virtual. Ele é um modelo de negócio que conecta oferta e demanda por meio de uma plataforma digital. Nessa plataforma, os clientes podem encontrar vários vendedores ou prestadores de serviço, e muitos falam que o marketplace é a evolução do e-commerce.

Esse modelo de startup é indicado para quem pretende focar em um segmento de mercado e construir um negócio altamente escalável. Por exemplo, empresas grandes como Uber, Facebook, Airbnb e Mercado Livre são marketplaces ou, de alguma forma, usam os princípios desse modelo. 

Assinatura: muito amplo e se popularizou com o avanço das tecnologias. Um exemplo é o streaming, que possibilita a entrega constante de serviços em troca de um mensalidade.

Redes Sociais: o serviço é oferecido gratuitamente ao consumidor que, em troca, visualiza publicidades. Esse modelo é muito usado em aplicativos. A grande vantagem é que o cliente usufrui do serviço gratuitamente.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *